Contabilidade na Era do Conhecimento

Os International Financial Reporting Standards (IFRS) e as novas normas contábeis brasileiras, os CPCs (emitidos pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis), são o padrão contábil aplicável para as demonstrações financeiras de companhias de capital aberto, instituições financeiras que possuam Comitê de Auditoria e companhias de grande porte brasileiras em 31 de dezembro de 2010. 

Os períodos comparativos de 2009 (inclusive nos ITRs de 2010) têm de ser reapresentados para o mercado com base nos novos padrões contábeis.

O IFRS requer maior uso de contabilização ao valor justo. A aplicação do valor justo sobre instrumentos financeiros mantidos para negociação e o reconhecimento do valor justo sobre os derivativos, quer estejam isolados ou embutidos em outros contratos, devem resultar no aumento do nível de volatilidade no resultado da empresa. 

Vivemos agora uma nova realidade, um novo jeito de olhar a contabilidade com um perfil tecnológicos e mundiais.